Autoridades apreendem 35 toneladas de maconha no Paraguai e detêm brasileiro

Assunção, 29 Mai (EFE).- Mais de 35 toneladas de maconha foram apreendidas no norte de Paraguai durante uma operação antidrogas em um sítio, onde também foram confiscadas armas e munição e um cidadão brasileiro foi detido, informou nesta segunda-feira a Secretaria Nacional Antidrogas (Senad).

A batida, que foi realizada na cidade de Capitán Bado (departamento de Amambaí), aconteceu em um estabelecimento rural "utilizado como base de operações" do narcotráfico, disse a fonte.

Os agentes da Senad, junto com membros da Promotoria, encontraram mais de 33 toneladas de maconha empilhada em sacos, além de 1 tonelada e meia de droga prensada e outros 800 quilos soltos.

Durante a operação, foram encontrados 800 acampamentos clandestinos nos quais havia depósitos de droga, macacos hidráulicos para a prensa, 658 cartuchos de diversos calibres, cinco carregadores, coletes balísticos e roupa de camuflagem, e alguns materiais táticos para armas como mira telescópica.

Quanto ao detido, foram confiscados telefones celulares, documentação e quatro motocicletas.

A Senad indicou que a quantidade de maconha apreendida foi incinerada, enquanto o detido, as armas e as provas foram colocados à disposição das autoridades antinarcóticos.

Os departamentos de Amambaí e San Pedro, no norte de Paraguai, são considerados zonas de influência de organizações dedicadas ao narcotráfico e ao terrorismo, segundo a Senad.

O Paraguai é o maior produtor de maconha da América do sul e o Brasil o principal destino dessa droga.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos