Tempestade deixa 11 mortos e dezenas de feridos em Moscou

(Atualiza número de vítimas e acrescenta detalhes).

Moscou, 29 mai (EFE). - O forte temporal e os ventos intensos causaram nesta segunda-feira a morte de pelo menos 11 pessoas em Moscou, quase todas por conta da quedas de árvores, de acordo com dados preliminares citados por fontes oficiais.

A tempestade, que tomou conta da capital russa durante algumas horas, também ocasionou vários acidentes com as árvores derrubadas, o que resultou em interdições no trânsito. Segundo o Departamento de Saúde de Moscou, o número de mortos subiu para 11 e o de feridos para quase 70.

O prefeito de Moscou, Sergey Sobyanin, enviou pêsames aos familiares das vítimas e escreveu no Twitter que as autoridades estão tomando as medidas necessárias para diminuir as consequências do desastre.

Pelo menos duas vítimas já foram identificadas, de acordo com a imprensa russa. Uma delas é uma menina de 11 anos e a outra é uma mulher de 26, ambas atingidas pela queda de árvores.

As autoridades da capital alertaram que 16 linhas de ônibus estão fora de circulação por conta do mau tempo. O temporal também deixou mais de 18 mil pessoas sem energia em Moscou.

Os meteorologistas advertiram que o tempo na região central da Rússia ficará instável durante vários dias. As autoridades, por sua vez, comunicaram que os serviços de emergência estarão em alerta até que a situação seja normalizada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos