Ciclone "Mora" toca terra em Bangladesh enquanto se mantém alerta máximo

Daca, 30 mai (EFE).- O ciclone "Mora" tocou terra nesta terça-feira em Bangladesh com ventos que chegaram a 117 km/h, enquanto se mantém o alerta máximo no litoral, onde foram evacuadas cerca de duas milhões de pessoas.

"Mora" tocou terra em forma de tempestade tropical por volta das 6h local (21h, em Brasília), em Teknaf, uma zona costeira fronteiriça com Myanmar, informou o Departamento Meteorológico de Bangladesh em um boletim especial.

A autoridade meteorológica insistiu na necessidade de que todos os habitantes das províncias costeiras de Chittagong e Cox's Bazar se projetam em refúgios dos fortes ventos, ao mesmo tempo que mantinha o nível de alerta em 10, o máximo possível.

O diretor do Programa de Preparação de Ciclones em Bangladesh, Ahmadul Haque, explicou à Agência Efe que alojaram em 3,8 mil refúgios para ciclones 500 mil pessoas, enquanto cerca de 1,5 milhão se protegeram em outros lugares como colégios, hospitais e edifícios governamentais.

"Ninguém ficou em uma situação vulnerável, já que pudemos evacuar todos os que pensamos que poderiam ser atingidos pela tempestade", disse Haque, que contou com a ajuda de 56 mil voluntários para cobrir 18 distritos costeiros.

Por enquanto não há informações de mortos ou feridos pelos fortes ventos, que oscilam entre 89 e 117 km/h, ainda que sim danos em casas ou a queda de numerosas árvores, concluiu a fonte.

Bangladesh é palco de ciclones duas vezes por ano, entre abril e maio e outubro e novembro, respectivamente, devido à sua situação geográfica na Baía de Bengala.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos