Talibãs lançam nova ofensiva contra Kunduz

Cabul, 4 jul (EFE). - Os talibãs lançaram uma nova ofensiva contra a cidade de Kunduz, no norte do Afeganistão, que já esteve em poder do grupo fundamentalista por duas vezes nos últimos dois anos, o que desencadeou enfrentamentos que deixaram 40 insurgentes mortos, informou o governo nesta terça-feira.

"Não são só talibãs, também existe uma grande quantidade de terroristas estrangeiros com eles, enquanto várias unidades dos talibãs nas províncias vizinhas se reagruparam em Kunduz", indicou em coletiva de imprensa o ministro de Defesa interino Tariq Shah Bahrami.

Os insurgentes lançaram vários ataques nos arredores da cidade ontem de manhã e tentaram avançar, mas as forças de segurança intervieram. O ministro interino estimou em "dezenas" os ataques lançados pelos talibãs e afirmou que um reforço já foi enviado à zona, onde as tropas afegãs também contam com apoio aéreo.

Uma fonte militar que pediu anonimato detalhou à Agência Efe que pelo menos 40 talibãs morreram e 50 ficaram feridos nos últimos dois dias de combates em Kunduz, capital da província homônima.

O grupo tomou a capital provincial de Kunduz em setembro de 2015, conseguindo permanecer dois dias nela, em uma conquista inédita desde a queda do seu regime com a invasão americana em 2001. Repetiram a ação pouco mais de um ano depois, numa batalha que durou vários dias.

Desde o fim da missão de combate da OTAN, em janeiro de 2015, os talibãs foram ganhando terreno no Afeganistão e, atualmente, controlam, influenciam ou disputam com o governo pelo menos 43% do território, conforme dados do governo americano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos