Tufão Nanmadol interrompe sistemas de transportes no sudoeste do Japão

Tóquio, 4 jul (EFE).- O tufão Nanmadol causou graves transtornos nos sistemas de transportes aéreo, ferroviário e rodoviário na ilha de Kyushu (sudoeste) do Japão, onde também deixou cerca de 20 mil pessoas fora desabrigadas e, aproximadamente, 70 mil imóveis sem energia elétrica.

O terceiro tufão da temporada tocou a terra na cidade de Nagasaki logo no começo da manhã e, no decorrer do dia, se deslocou na direção nordeste, ao longo da costa do Pacífico, de acordo com a Agência de Meteorologia do Japão. O Nanmadol provocou chuvas de até 300 milímetros na região de Shikoku (oeste), ventos fortes e deslizamentos de terra em vários pontos do sudoeste. A previsão é de que ele ainda traga chuvas de até 150 milímetros na região central de Kanto, inclusive em Tóquio.

O fenômeno deixou em solo cerca de 3 mil passageiros de 47 voos domésticos e causou a interrupção temporária do transporte ferroviário, além do fechamento de estradas no sudoeste de Kyushu, conforme o organismo.

Pelo menos três pessoas ficaram feridas em acidentes provocados pelas fortes rajadas de vento e por deslizamentos de terra, segundo o canal "NHK".

Acredita-se que aos poucos a intensidade do tufão diminua e ele se transforme em depressão tropical ao deixar Japão pela parte leste do país amanhã de manhã, segundo a agência de meteorologia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos