Talibãs matam 22 civis durante tomada de distrito no Afeganistão

Cabul, 24 jul (EFE).- Pelo menos 22 civis, entre eles vários pacientes e médicos de um hospital, foram mortos pelos talibãs durante a tomada de um distrito na província de Ghor, no centro do Afeganistão, informaram nesta segunda-feira fontes oficiais.

As vítimas foram assassinadas em diferentes pontos do distrito de Taywara depois que o grupo insurgente tomou ontem o controle da localidade, indicou à Agência Efe o porta-voz da polícia provincial, Iqbal Nizami.

A fonte detalhou que entre as vítimas estão crianças, funcionários, simpatizantes do governo, pacientes e médicos de um hospital.

"(Os talibãs) também atearam fogo a várias casas de civis defensores do governo no distrito", acrescentou o chefe policial.

O porta-voz da presidência do Afeganistão, Shah Hussain Murtazawi, confirmou em uma coletiva de imprensa o incidente no centro médico e advertiu que estas ações "aumentarão dia após dia o ódio dos cidadãos afegãos contra este grupo".

"Como parte de uma série de crimes cometidos por parte dos talibãs depois que o grupo tomou o controle do distrito em Ghor, os insurgentes entraram em um hospital e atacaram indiscriminadamente os civis", explicou Murtazawi, ao qualificar o ato como "crime contra a humanidade".

As tropas afegãs estão à espera de reforços e da ordem do governo central para iniciar um contra-ataque para recuperar Taywara, de acordo com o porta-voz da presidência.

Os talibãs tomaram ontem essa demarcação, uma ação que foi precedida por uma semana de combates entre forças afegãs e talibãs e que ocorreu horas depois da captura do distrito de Kohistan, na província de Faryab, no norte do país.

Desde o fim da missão de combate da Otan em janeiro de 2015, os talibãs ganharam terreno em diversas partes do Afeganistão e atualmente controlam, exercem influência ou estão em disputa com o governo em 43% do território, segundo informações dos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos