PUBLICIDADE
Topo

Choques no centro da Síria matam 19 membros do governo e 8 jihadistas

24/08/2017 15h11

Cairo, 24 ago (EFE).- Pelo menos 19 membros das forças governamentais sírias e oito do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) morreram nesta quinta-feira em enfrentamentos em uma zona entre a província central de Hama e a vizinha Homs, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

A ONG explicou que as forças governamentais e seus aliados de nacionalidades síria e estrangeiras tomaram totalmente o controle do povoado de Yana al Albaui, ao nordeste da cidade de Al Salamiya, em Hama, poucos dias após ter dominado três localidades nos arredores dessa cidade.

Além disso, a fonte acrescentou que as tropas de Damasco continuam atacando com artilharia, bombas e mísseis as zonas dominadas pelo EI nessa região.

Os ataques têm como objetivo expulsar o EI da área e se concentram em torno de Yana Al Albaui e Ael Sheij Helal, indicou o OSDH.

O exército sírio e seus aliados desenvolvem há semanas uma ofensiva em áreas de Hama, Homs e ao sul da província de Raqqa contra o EI, onde ganharam terreno contra os radicais.

Na semana passada, as forças governamentais conseguiram cercar pela primeira vez os combatentes do EI na região desértica situada entre os limites provinciais de Hama e Homs, em uma área de 3.000 quilômetros quadrados onde há cerca de 50 aldeias habitadas e poços de petróleo e gás.