PUBLICIDADE
Topo

Helicóptero militar dos EUA cai do Iêmen; tripulante está desaparecido

26/08/2017 11h33

Washington, 26 ago (EFE).- Um helicóptero militar dos Estados Unidos caiu ontem a 32 quilômetros de distância do litoral sul do Iêmen, e um membro da tripulação está desaparecido, informou neste sábado o Departamento de Estado.

Na aeronave, um modelo Black Hawk, viajavam outras cinco pessoas que foram resgatadas pelas tropas americanas, explicou o Pentágono em um comunicado do Comando Central (Centcom), responsável por coordenar as operações dos EUA no Iêmen e em outros países da região.

Segundo o comunicado, os militares estavam realizando um treinamento por volta das 19h locais (13h em Brasília), quando o helicóptero caiu.

As autoridades americanas iniciaram uma investigação para apurar as causas do acidente. Equipes dos EUA na região estão realizando buscas para encontrar o tripulante desaparecido.

Os EUA consideram que o Iêmen é essencial para a filial da Al Qaeda na Península Arábica.

O governo de Donald Trump devolveu à CIA a prerrogativa de realizar ataques com drones contra chefes da Al Qaeda na região. Um dos principais líderes da organização, Abu al Kheir al Marsi, foi morto desta forma em fevereiro na Síria.

Além disso, o Iêmen é palco de uma guerra civil desde 2014, quando os rebeldes houthis ocuparam Sana, capital do país. A situação se agravou em março de 2015, com a intervenção da coalizão militar liderada pela Arábia Saudita em favor das forças leais ao presidente do país, Abdo Rabbo Mansur Hadi.

Os EUA fornecem apoio logístico e de inteligência à coalizão liderada pelos sauditas.