PUBLICIDADE
Topo

Secretário do Vaticano diz que vídeo de ameaças ao papa gera preocupação

26/08/2017 12h56

Cidade do Vaticano, 26 ago (EFE).- O secretário de Estado do Vaticano, Pietro Parolin, afirmou neste sábado que um vídeo de ameaças contra o papa Francisco divulgado nas Filipinas, atribuído a terroristas ligados ao grupo Estado Islâmico (EI), preocupam pelo "ódio insensato mostrado" nas imagens.

Apesar da preocupação, Parolin afirmou que não foram adotadas novas medidas de segurança para uma visita do papa a Rimini, no nordeste da Itália.

"Seguimos com o mesmo nível de atenção e de segurança que mantemos nesse período", afirmou o cardeal.

"A violência que se comete em nome de qualquer religião faz com que essa religião se volte contra seus próprios fiéis", completou o secretário de Estado do Vaticano.