PUBLICIDADE
Topo

Autoridades do Haiti confirmam três mortes após passagem do furacão "Maria"

22/09/2017 04h32

Porto Príncipe, 22 set (EFE).- Três pessoas morreram na quinta-feira no norte do Haiti por causa dos efeitos do furacão "Maria", de categoria 3, informaram as autoridades.

Um homem de 45 anos se afogou quando foi arrastado pelas águas de um rio que tentou atravessar a comunidade de Limbe, no norte da nação caribenha.

O furacão "Maria", de categoria 3 e que se fortaleceu nas últimas horas, se aproximava nesta quinta-feira das Ilhas Turcas e Caicos, no Caribe, com ventos máximos sustentados de 195km/h.

O diretor da Proteção Civil, Jerry Chandler, confirmou à Agencia Efe que outras duas pessoas morreram em Cornillon, também no norte, mas as causas exatas das mortes ainda não foram determinadas.

O norte do país se encontra em alerta laranja devido aos efeitos esperados do fenômeno, que causou inundações e isolou comunidades na fronteira com a República Dominicana.

O país já registra chuvas nas regiões norte, noroeste e nordeste, segundo destacou a Proteção Civil. Embora o "Maria" esteja a mais de 200 quilômetros da parte norte do país, causará chuvas e ventos.

O governo proibiu as atividades marítimas nas regiões em alerta devido ao perigo de ondas fortes.

Milhares de vítimas do furacão "Irma" ainda não se recuperaram e há pessoas que permanecem em casas provisórias auxiliadas pelo governo e organizações não governamentais locais e internacionais. EFE

ed/phg