PUBLICIDADE
Topo

Polícia prende quase 300 casais por "comportamento inadequado" no Sri Lanka

24/09/2017 16h13

Colombo, 24 set (EFE).- A Polícia do Sri Lanka deteve 278 casais por supostamente se comportarem de maneira inadequada em parques da cidade sagrada budista de Anuradhapura, no centro-norte da ilha.

De acordo com o chefe da Polícia de Anuradhapura, Sanjeewa Mahanama, agentes fizeram operações ontem em dois parques, depois de denúncias de que "atividades ilegais estavam acontecendo" nesses locais. Segundo Mahanama, todos os envolvidos são maiores de idade e foram punidos por "comportamento inadequado", que ele não detalhou quais seriam.

Os casais foram levadas ao quartel para prestar depoimento e liberados em seguida. Este incidente acontece uma semana depois de um casal ser detido em um povoado do sul do país por consumir conteúdo erótico em casa.

Para o advogado especializado em direitos humanos Thishya Weragoda "aparentemente não há lógica nem base legal" para as recentes detenções.

"Não temos uma Polícia cultural neste país. Não é certo a Polícia tentar fazer esse trabalho, e é irônico como as pessoas são detidas por mostrar afeto, em público ou no privado. O que esperam, que a gente viva em celibato?", questionou o ativista.

O Sri Lanka é um país majoritariamente budista, mas também tem significativas minorias hindus e muçulmanas e muito sensível perante qualquer opinião ou ação que possa ferir essas comunidades.