Chefe do Estado-Maior do Irã oferece apoio a Assad para reconstruir Síria

Beirute, 19 out (EFE).- O chefe do Estado-Maior do Irã, Mohamed Hussein Bagheri, afirmou nesta quinta-feira ao presidente sírio, Bashar al Assad, que Teerã continuará apoiando à Síria no âmbito militar e também durante a etapa de reconstrução.

Durante a reunião que tiveram em Damasco, Bagheri expressou "a determinação do seu país de continuar apoiando à Síria, seu povo e seus líderes até que se restabeleça a estabilidade e a segurança, e apresentará a ajuda que possa para a reconstrução dos danos causados pelo terrorismo", segundo a agência de notícias "Sana".

De acordo com um comunicado da presidência síria, o responsável iraniano e Assad abordaram durante a reunião os laços bilaterais "na próxima etapa" em todos os âmbitos, especialmente na cooperação militar.

Na nota se destaca que essa cooperação "é testemunha de um desenvolvimento qualitativo na guerra que enfrentam a Síria e os seus aliados, com o Irã à frente, contra o terrorismo".

Assad, por sua parte, destacou que "o povo iraniano e suas forças armadas são os principais parceiros nas vitórias conquistadas frente ao terrorismo na Síria ".

O presidente sírio assegurou que o sucesso na eliminação dos terroristas no Estado árabe "é um duro golpe aos projetos ocidentais na região".

Além disso, Bagheri repassou a Assad uma mensagem de felicitação do líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, pelas "vitórias frente ao terrorismo".

Por sua vez, Assad pediu ao chefe do Estado-Maior do Irã que transmita o seu agradecimento a Khamenei.

Ontem, Bagheri se reuniu na capital síria com seu homólogo, Ali Ayub, com quem analisou a cooperação frente a Israel e o terrorismo na região.

"Estamos aqui, em Damasco, para coordenar-nos e cooperar frente aos nossos inimigos comuns, os sionistas (em alusão a Israel) e os terroristas", declarou Bagheri em uma coletiva de imprensa conjunta com Ayub.

Há dois dias, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, se reuniu em Jerusalém com o ministro de Defesa da Rússia, Serguei Shoigu, a quem assegurou que Israel não permitirá o estabelecimento de bases militares iranianos na Síria.

Rússia e Irã são os dois principais aliados internacionais do governo de Damasco.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos