Sobe para 5 o número de mortos no naufrágio de um navio nas Filipinas

(Atualiza número de mortos, de passageiros e pessoas resgatadas).

Bangcoc, 22 dez (EFE).- As autoridades da Filipinas subiram nesta sexta-feira para cinco o número de mortos no naufrágio ocorrido ontem de um navio na província de Quezon, na costa leste do país, enquanto as equipes de resgate seguem na busca por desaparecidos.

O chefe interino do Conselho para a Redução de Desastres de Quezon, Juanito Diaz, disse à imprensa que a quinta vítima é um homem de 77 anos, somando aos quatro mortos - dois homens e duas mulheres que até o momento não foram identificados - cujos corpos foram recuperados ontem.

Ele também falou que os serviços de emergência e pescadores conseguiram resgatar 253 passageiros, 231 dos quais foram transferidos ao município de Infanta, e outros 18 ao de Real, ambos situados em Quezon, a cerca de 60 quilômetros de Manila.

O número de sobreviventes, juntamente com o número de vítimas, eleva para pelo menos 258 o número de pessoas que viajavam na embarcação, sete a mais que constavam no registro de embarque do navio.

A balsa MV Mercraft 3, cuja capacidade era de 286 passageiros, naufragou ontem pela manhã após deixar a província de Quezon, com destino a ilha de Polilio, na região central do país.

A Guarda Costeira disse que o acidente ocorreu no meio de uma forte onda que segundo Juanito Diaz, teria causado um buraco no casco da embarcação.

O acidente mais grave na história moderna da navegação comercial aconteceu nas Filipinas, em 1987, quando o navio Doña Paz afundou nas águas de Leyte, após colidir com um petroleiro e morreram 4.341 pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos