PUBLICIDADE
Topo

Exército argelino mata "perigoso" suposto jihadista

30/12/2017 18h14

Argel, 30 dez (EFE).- Um destacamento do Exército argelino matou neste sábado um suposto jihadista, qualificado de "perigoso", durante uma emboscada na cidade de Mechtet Mohcen, em Jijel, a 350 quilômetros da capital, informou o Ministério de Defesa da Argélia.

Em comunicado divulgado em seu site, o departamento explicou que o suposto terrorista foi morto durante uma operação de luta antiterrorista na qual os militares apreenderam um fuzil de assalto de tipo Kalashnikov e munição.

A atividade jihadista e o tráfico de armas e combustível aumentaram de forma considerável neste ano na Argélia, estimulados pela crescente instabilidade na região, em particular ao longo da fronteira que compatilha com a Tunísia e a Líbia.

Segundo a revista especializada em temas militares "Al Jaish" (Exército), órgão de propaganda do Ministério de Defesa, 125 supostos terroristas foram mortos pelas Forças Armadas argelinas e 225 detidos no ano passado.