Incêndio atinge igreja italiana que inspirou romance "O nome da rosa"

Roma, 25 jan (EFE).- Um incêndio ameaçou a abadia de San Michele, na região italiana de Piemonte e famosa, entre outras coisas, por ter inspirado o romance "O nome da rosa" de Umberto Eco, mas os bombeiros conseguiram extingui-lo durante a noite.

O fogo começou durante a tarde de quinta-feira no telhado de uma parte do mosteiro e a extinção foi complicada porque o edifício fica situado no monte Pirchiriano, em plenos os Alpes italianos.

As autoridades investigam agora a origem do incêndio, que pode ter ocorrido devido a um curto-circuito nas obras de conservação que eram realizadas no local onde o incêndio se originou, informou a imprensa local.

Na abadia residem três frades da congregação do Instituto da Caridade, conhecidos como "rosminianos", que foram resgatados e não ficaram feridos, segundo as mesmas fontes.

Nenhum bem histórico e artístico foi danificado, informou a polícia.

Construída entre o ano 983 e 987, a imponente Sacristia de São Michele é um dos símbolos da região de Piemonte, situada em um elevado pico no Vale de Susa, cerca de 40 quilômetros de distância de Turim, a capital piemontesa.

É conhecida, além de pela sua impressionante arquitetura, por ter inspirado o romance de Umberto Eco "O Nome da Rosa" (1980).

Dentro da igreja principal da abadia, cuja construção é do século XII, permanecem enterrados alguns membros da família Saboia.

O templo faz parte de uma rota de peregrinação de 2 mil quilômetros, desde o Monte Saint-Michel na França até o do Sant'Angelo na região de Apulia, no sul italiano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos