Inundações deixam uma mulher morta e outra desaparecida no Paraguai

Assunção, 29 jan (EFE).- As inundações que o Paraguai enfrenta por causa das chuvas estão provocando o desalojamento de moradores em diferentes pontos do país e também causaram a morte de uma mulher, enquanto outra segue desaparecida.

As duas mulheres viajavam neste domingo no mesmo veículo quando uma tromba d'água arrastou o automóvel perto da cidade de Ñemby, 20 quilômetros ao sul da capital Assunção.

As equipes de resgate conseguiram encontrar o carro em um arroio próximo, mas em seu interior só estava uma das mulheres, falecida.

Os bombeiros e a polícia retomaram nesta manhã a busca de sua acompanhante no arroio, mas o lixo acumulado na área está dificultando as tarefas de resgate.

Por sua vez, a Direção de Meteorologia e Hidrologia informou que no departamento Central, onde se encontra Ñemby, se registraram as precipitações de maior volume "em um período não superior a 30 minutos" e "algumas rajadas de ventos que rondaram entre 50km/h e 70 km/h".

As inundações provocadas pelas fortes chuvas da tarde de domingo causaram grandes enchentes também em partes do centro de Assunção, onde há mais de 20.000 pessoas afetadas pela enchente do rio Paraguai.

No entanto, os meteorologistas preveem que o comportamento do rio Paraguai nos próximos 15 dias pode começar a registrar "descensos lentos".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos