ONU espera que trégua de 30 dias na Síria seja adotada imediatamente

Nações Unidas, 24 fev (EFE).- O secretário-geral das Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, comemorou a resolução aprovada neste sábado pelo Conselho de Segurança, que determina a trégua de 30 dias em toda Síria, e disse esperar que a medida seja adotada de maneira imediata.

"O secretário-geral recebe com satisfação a aprovação por parte do Conselho de Segurança de uma resolução que exige o fim das hostilidades na Síria por, pelo menos, 30 dias", indicou em comunicado o porta-voz de Guterres, Stéphane Dujarric.

Além disso, ele ressaltou que o secretário-geral espera que a resolução, que pretende facilitar o fornecimento de ajuda humanitária e a saída de feridos e doentes, aconteça imediatamente e afirmou que a ONU está pronta para fazer a sua parte.

Guterres lembrou às partes em conflito têm a "absoluta obrigação" em virtude do Direito Internacional Humanitário e dos direitos humanos de proteger "o tempo todo" a população civil e suas infraestrutura e advertiu que os esforços para combater o terrorismo não substituem essa obrigação.

A resolução, promovida pela Suécia e pelo Kuwait, determina que todas as partes envolvidas no conflito mantenham um cessar-fogo humanitário de, no mínimo, 30 dias em todo o país. A trégua, no entanto, vai autorizar que as operações militares contra grupos considerados terroristas pela ONU, incluindo o Estado Islâmico (EI) e a Frente Al Nusra, continuem.

Depois de intensas negociações, a Rússia aprovou o texto de compromisso, que teve o apoio unânime de todos os Estados-membros. EFE

lb/cdr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos