PUBLICIDADE
Topo

Autoridades cubanas encontram segunda caixa-preta do voo que caiu em Havana

STR/AP
Imagem: STR/AP

24/05/2018 22h54

A segunda caixa-preta do voo da Cubana de Aviación, que caiu na última sexta-feira, em Havana, capital de Cuba, foi encontrada pelas autoridades locais nesta quinta-feira.

Esta é a caixa-preta que registra os parâmetros técnicos do voo, explicou à emissora oficial cubana o presidente do Instituto de Aeronáutica Civil de Cuba (IAAC), Armando Daniel López.

Leia também:

A primeira caixa-preta - que grava os sons da cabine do avião - foi recuperada horas depois do acidente, que ocorreu pouco depois de o avião ter decolado do aeroporto de Havana, matando 111 pessoas.

A comissão do IAAC que investiga as causas do acidente junto com especialistas dos Estados Unidos, México e da Europa, analisou informações registradas em vídeos de pessoas que viram o acidente para localizar o equipamento.

Entenda como funcionam as caixas-pretas dos aviões

AFP

O especialista afirmou que as equipes ainda estão recolhendo peças que são significativas para determinar os motivos do acidente. No entanto, a maior parte dos equipamentos já foi levada às instalações da IAAC para avaliação.

López não quis dar um prazo para a conclusão das investigações, mas explicou que, levando em consideração o tipo de avião que caiu, o processo pode demorar meses ou até um ano.

Morreram no acidente cem cubanos e 11 estrangeiros, sendo eles sete mexicanos - seis membros da tripulação e uma turista -, dois argentinos e dois saarianos.

As duas únicas sobreviventes são cubanas, que estão internadas em um hospital de Havana em estado crítico.