Ataques da coalizão árabe no Iêmen deixam nove mortos, dizem rebeldes

Sana, 25 mai (EFE).- Nove pessoas morreram, entre elas seis beduínos, em vários ataques cometidos ontem à noitem pela coalizão árabe, apoiados por Riad, em três províncias do Iêmen, informou nesta sexta-feira a televisão "Al Masira", controlada por rebeldes.

Na província de Saada, no norte do Iêmen e reduto dos rebeldes xiitas houthis respaldados pelo Irã, os aviões lançaram vários ataques contra posições onde havia tendas nas quais se alojavam os beduínos, o que causou a morte de cinco homens e uma mulher e deixou outras quatro pessoas feridas, explicou "Al Masira".

Por outro lado, um homem morreu em um ataque lançado ontem a tarde pela aliança de países árabes sunitas e outro ficou ferido no seu lar na área de Al Barh, na província de Taiz, no sudoeste do país, segundo o canal.

Por fim, na cidade litorânea de Hodeida, às margens do mar Vermelho, dois civis perderam a vida nesta madrugada quando a coalizão lançou um bombardeio que impactou em uma escavadeira, onde estavam ambas as pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos