Produtor Harvey Weinstein se entrega em Nova York

Nova Iorque, 25 mai (EFE).- O produtor de cinema de Hollywood Harvey Weinstein se entregou nesta sexta-feira em uma delegacia de de Nova York e agora está à disposição da Justiça para responder pelas acusações de abusos sexuais.

Weinstein chegou às 7h27 local (8h27, em Brasília) à delegacia número 1 do Departamento de Polícia de Nova York (NYPD).

O produtor de cinema chegou à delegacia com traje escuro, sem gravata e com um suéter azul, levando três livros, acompanhado de outras duas pessoas que pareciam guarda-costas e que o acompanharam desde que saiu do veículo que o levou até a delegacia.

Cerca de 50 jornalistas seguiram a entrada de Weinstein, que evitou se aproximar da imprensa para dar declarações.

Uma vez terminado o procedimento policial, está previsto que, já sob detenção, seja levado perante um juiz, a fim de conhecer as cargos contra si, e o mais provável é que fique livre mediante o pagamento de uma fiança.

Assim asseguram fontes judiciais consultadas por veículos de imprensa locais, que apontaram para possibilidade de que nas próximas horas Weinstein fique livre ao pagar uma diança de entre US$ 1 milhão e US$ 2 milhões.

O caso é tratado pela Promotoria do distrito de Manhattan, a cargo de Cyrus Vance.

Weinstein tem duas causas pendentes: uma por abusos sexuais contra a aspirante a atriz Lucia Evans, supostamente cometidos em 2004, e outra pelo suposto estupro da atriz Paz de la Huerta, em 2010.

Desde outubro, Weinstein vem sendo acusado por dezenas de mulheres após as primeiras denúncias surgidas na revista "The New Yorker" e no jornal "The New York Times".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos