Promotoria confirma que assassino de Liège gritou várias vezes "Alá é grande"

Bruxelas, 30 mai (EFE).- A Promotoria Federal da Bélgica confirmou, nesta quarta-feira, que o homem que assassinou ontem duas policiais e um civil, na cidade de Liège antes de ser abatido, gritou várias vezes "Alá é grande" durante o ataque.

O assassino gritou "várias vezes Alá é grande e estava em contato com pessoas radicalizadas", indicou o porta-voz da Promotoria, Eric Van Der Sypt, em entrevista coletiva, onde confirmou que os fatos estão sendo investigados como "assassinato terrorista e tentativa de assassinato terrorista".

O terrorista, um belga nascido em 1987, "atacou dois agentes da polícia de Liège com uma faca, pelas costas" e as jogou no chão com suas próprias armas, entrou em um café próximo e depois disparou contra um carro, matando um jovem de 22 anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos