PUBLICIDADE
Topo

Homem é detido por incêndio que causou 20 mortes em hotel na China

26/08/2018 13h50

(Atualiza número de mortos).

Pequim, 26 ago (EFE).- A polícia deteve o proprietário do hotel onde ontem um incêndio causou a morte de 20 pessoas na cidade de Harbin, no nordeste da China, informou neste domingo a agência estatal de notícias "Xinhua".

As autoridades chinesas continuam investigando as causas do incidente, que começou às 4h36 (horário local, 17h36 de sexta-feira em Brasília) no hotel Beilong Hotspring Leisure, onde mais de uma centena de bombeiros trabalharam durante mais de três horas até extinguir o fogo.

Embora em um primeiro momento tenha se informado de 18 mortes, posteriormente um dos feridos morreu no hospital e outro corpo foi encontrado hoje no local do incêndio, segundo as autoridades locais, que acrescentaram que um total de 23 pessoas ficaram feridas.

A polícia, que abriu uma investigação para esclarecer o incidente, deteve, por enquanto, o proprietário do hotel por sua suposta responsabilidade no incêndio.

Em imagens da emissora de televisão estatal chinesa "CCTV" é possível ver que vários prédios do complexo hoteleiro ficaram totalmente carbonizados, afetando uma área 400 metros quadrados.