PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump descarta se reunir com presidente do Irã na ONU, mas diz que Rouhani é "adorável"

24.set.2018 - Relação entre os países piorou após Trump retirar EUA de acordo nuclear - Ludovic marin/AFP
24.set.2018 - Relação entre os países piorou após Trump retirar EUA de acordo nuclear Imagem: Ludovic marin/AFP

Da EFE, em Nova York

25/09/2018 09h58

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, descartou nesta terça-feira (25) se reunir com o presidente do Irã, Hassan Rouhani, paralelamente à Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, mas afirmou que seguramente o governante iraniano é "um homem absolutamente adorável".

Veja também:


"Apesar dos pedidos, não tenho planos de me encontrar com o presidente iraniano, Hassan Rouhani. Talvez um dia no futuro. Tenho certeza de que é um homem absolutamente adorável", escreveu Trump no Twitter.

Conforme relatórios de imprensa, a Casa Branca avaliava a possibilidade de um encontro entre os dois com a intenção de gerar algum tipo de aproximação similar à que o governante americano fez com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, depois de meses de duras ameaças e ataques verbais.

"Ele (Trump) está feliz em conversar com as pessoas a qualquer momento, se houver um diálogo construtivo que possa ser obtido, vamos fazê-lo", disse o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, no domingo.

Mas Rouhani descartou essa possibilidade na segunda, ao considerar que não existem condições depois que Trump retirou os Estados Unidos do acordo nuclear e anunciou que voltará a impor sanções econômicas ao seu país, cuja segunda rodada entrará em vigor em novembro.

A tensão entre Estados Unidos e Irã é um assunto que dominará as reuniões que chefes de Estado e de governo de todo o mundo terão ao longo da semana em Nova York. Tanto Trump quanto Rouhani devem tocar no tema nesta terça durante seus respectivos discursos na Assembleia-Geral.

Internacional