PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Kim Jong-un destaca esforços para pôr fim a tensões entre Coreias

30/12/2018 08h55

Seul, 30 dez (EFE).- O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, enviou neste domingo uma carta ao presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, na qual destaca os mútuos esforços para superar as tensões entre os dois países e libertá-los "do medo da guerra".

O porta-voz presidencial norte-coreano Kim Eui-kyeom, em declarações citadas pela agência de notícias sul-coreana "Yonhap", disse que Kim tem o desejo de continuar no caminho de acabar progressivamente com as tensões entre os dois países.

Moon e Kim se reuniram em três ocasiões em 2018, deixando de lado décadas de divergências entre as Coreias. O líder norte-coreano, além disso, se reuniu em junho com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em Singapura.

Embora na última cúpula entre os governantes coreanos Kim tivesse se comprometido com Moon a realizar a próxima reunião entre eles em Seul, o encontro acabou não acontecendo neste ano, mas de acordo com o líder norte-coreano, mesmo sem data definida, ele será realizado.

Segundo o porta-voz, Kim elogiou na carta tantos os esforços dele como os de Moon para agir "em conjunto a favor da paz e da prosperidade na península coreana".

O texto também ressalta as medidas "práticas e agressivas" para superar os confrontos graças às três cúpulas deste ano e o fato de que ambos tenham libertado os dois "povos das tensões militares e do medo da guerra".

O porta-voz disse que o líder norte-coreano reiterou seu compromisso de se encontrar "frequentemente" com Moon.

A carta foi divulgada dois dias antes da tradicional mensagem de ano novo do líder norte-coreano, na qual costuma lembrar os desafios do regime de Pyongyang.

Kim deve voltar a se reunir com Trump nos próximos meses, mas a data e o local do segundo encontro entre eles ainda não foi definido. EFE

Internacional