PUBLICIDADE
Topo

Autor de atropelamento múltiplo em Melbourne é condenado à prisão perpétua

22.fev.2019 - James Gargasoulas chega a tribunal em Sydney para julgamento - AAP Image/David Crosling/via Reuters
22.fev.2019 - James Gargasoulas chega a tribunal em Sydney para julgamento Imagem: AAP Image/David Crosling/via Reuters

Em Sydney

21/02/2019 23h27

Um tribunal de Justiça da Austrália condenou hoje à prisão perpétua o australiano James Gargasoulas, autor do atropelamento em massa ocorrido em janeiro de 2017, em Melbourne, deixando seis mortos e 27 feridos.

O juiz Mark Weinberg afirmou durante a leitura da sentença que o responsável pelo ataque "não tentou desviar das pessoas, nem frear" o automóvel, ao classificar o atropelamento múltiplo como "deliberado", segundo informações da emissora de TV local Seven News.

Em novembro do ano passado, Gargasoulas foi considerado culpado de homicídio e outros crimes em uma decisão unânime do júri a respeito das seis acusações por assassinato e 27 por "conduta imprudente que põe em perigo a vida".

O australiano, de 29 anos, e que durante o fato estava em liberdade condicional por outros crimes, alegou durante o processo na sua defesa que sofre doenças mentais e que estava sob influência das drogas.

O atropelamento ocorreu no centro de Melbourne, no dia 20 de janeiro de 2017. Entre os mortos estavam um bebê e uma menina de 10 anos. EFE