PUBLICIDADE
Topo

Governo diz que novo apagão na Venezuela é resultado de outro ataque

26/03/2019 01h39

Caracas, 25 mar (EFE).- O Governo de Nicolás Maduro afirmou que o segundo apagão que a Venezuela está sofrendo foi o resultado de outro ataque contra a hidrelétrica do Guri, a principal do país.

"Foi cometido exatamente à 21h50 (horário local, 22h50 em Brasília) um ataque de magnitude no pátio dos autotransformadores da usina hidrelétrica de Guri, e estamos avaliando neste momento o alcance do prejuízo lá gerado", disse o ministro de Comunicação Jorge Rodríguez à televisão local.

Rodríguez afirmou que como consequência do ataque "aconteceu uma queda da transmissão das linhas importantes que são distribuídas desde Guri", embora não tenha detalhado o impacto que teve a interrupção do fornecimento de energia elétrica em todo o país.

O ministro afirmou que "neste momento todas as equipes estão trabalhando para conseguir vencer esta guerra, e este ataque concreto que foi realizado contra a tranquilidade do povo da Venezuela".

Além disso, Rodríguez pediu "tranquilidade" e "confiança".

Mais cedo, uma grande parte do país tinha ficado sem luz, depois que um blecaute afetou mais da metade do país, quase três semanas depois do maior corte de energia que já atingiu a nação sul-americana.

O ministro de Comunicação também atribuiu o primeiro apagão a um ataque, cujo objetivo também era paralisar o funcionamento da usina de Guri, responsável por atender 70% da população do país. EFE