PUBLICIDADE
Topo

Suspeito de realizar atentados contra trens na Alemanha é detido na Áustria 

27/03/2019 10h50

Viena, 27 mar (EFE).- As autoridades da Áustria detiveram em Viena um suspeito de ter participado de dois atentados contra trens de alta velocidade na Alemanha entre outubro e dezembro de 2018, informou nesta quarta-feira o Ministério Público de Viena.

O cidadão iraquiano de 42 anos foi detido "sob suspeita de ter realizado ataques terroristas em linhas ferroviárias na Alemanha", confirmou à Agência Efe a promotora Nina Bussek.

Segundo o Ministério Público, os atentados não foram bem-sucedidos, já que não houve vítimas, mas tinham potencial para causar a morte de muitas pessoas.

Em um caso, o suspeito estendeu um cabo de aço sobre as vias da linha ferroviária entre Nuremberg e Munique, mas isso não foi suficiente para causar o descarrilhamento do trem, danificando apenas o para-brisas da locomotiva.

Em outra ocasião, o iraquiano colocou placas de concreto sobre a linha férrea e uma tragédia não aconteceu apenas por um detalhe técnico, segundo o Ministério Público, que assinalou que nos arredores do local foram encontradas pichações em árabe e uma bandeira do grupo terrorista Estado Islâmico.

O detido, cuja identidade não foi revelada, reconheceu ser autor dos atos mencionados, mas negou que os mesmos tivessem motivação terrorista.

Segundo o jornal austríaco "Kronen Zeitung", o iraquiano, que agora está em prisão preventiva, tinha trabalhado para as forças armadas de seu país e chegou à Áustria como refugiado, onde trabalhava para uma empresa de segurança após obter asilo.

As autoridades da Alemanha colaboram com as autoridades da Áustria na investigação, que ainda continua, informou a agência austríaca "APA". EFE