PUBLICIDADE
Topo

Covas supera Boulos em 2º turno e é reeleito prefeito de São Paulo

30/11/2020 13h35

São Paulo, 29 nov (EFE).- O atual prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi reeleito neste domingo ao vencer o segundo turno das eleições municipais, que disputava com Guilherme Boulos (PSOL).

Com 96,5% da apuração concluída, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Covas tinha a vitória garantida com 59,38% dos votos válidos, contra 40,62% de Boulos.

Covas, de 40 anos, tornou-se prefeito de São Paulo em abril de 2018 para substituir o também tucano João Doria, de quem era vice e que deixou o cargo para concorrer às eleições para o governo paulista, vencidas por ele em outubro daquele ano.

Neto de Mário Covas, o prefeito reeleito confirmou assim o favoritismo observado durante toda a campanha eleitoral, embora Boulos tenha conseguido diminuir a diferença nas pesquisas nas últimas semanas.

Por sua vez, Boulos, que disputou as eleições presidenciais de 2018, mas terminou em décimo lugar, vem emergindo como um dos novos líderes da fragmentada esquerda no país.

O membro da Coordenação Nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e professor universitário teve hoje um dia de eleição peculiar, pois estava confinado em casa por ter sido diagnosticado com o novo coronavírus em um teste realizado na última sexta-feira.

No primeiro turno, Covas levou a melhor com 32,86% dos votos, contra 20,24% de Boulos.

A campanha em São Paulo foi marcada por uma onda de críticas ao presidente Jair Bolsonaro por parte dos dois candidatos que disputaram o segundo turno. Apoiado pelo governante, Celso Russomanno (Republicanos) ficou em quarto lugar no primeiro turno, com 10,5% dos votos, atrás também de Márcio França (PSB), que recebeu 13,65%. EFE

nbo/id

(foto)