PUBLICIDADE
Topo

Reino Unido veta voos de 6 países africanos para evitar nova variante

25/11/2021 23h36

Londres, 25 nov (EFE).- O Reino Unido proibirá a partir desta sexta-feira voos procedentes de seis países africanos, incluindo a África do Sul, para evitar a propagação de uma nova variante do coronavírus que pode ser mais transmissível, anunciou o ministro da Saúde britânico, Sajid Javid.

O ministro advertiu que "as primeiras indicações" em que os cientistas estão trabalhando são de que a variante B.1.1.529 da covid-19 pode tornar "as vacinas que temos atualmente menos eficazes".

Para tentar evitar a propagação dela no Reino Unido, onde até agora nenhum caso dessa variante foi detectado, o governo britânico decidiu suspender temporariamente todos os voos vindos de África do Sul, Namíbia, Lesoto, Suazilândia, Zimbábue e Botsuana.

O Reino Unido também vai acrescentar esses países a sua lista vermelha de destinos de viagem. Essa classificação significa que as pessoas que passaram os últimos dez dias em um destes países só poderão entrar em território britânico se forem cidadãos ou residentes do país europeu.

Aqueles que entrarem no Reino Unido terão que cumprir quarentena de dez dias em um hotel designado pelas autoridades.

Um especialista da Agência de Saúde e Segurança do Reino Unido (UKHSA) disse à imprensa britânica que a variante B.1.1.529 é "a pior que vimos até agora", ressaltando que a proteína spike dela é "dramaticamente" diferente da do vírus original devido a mutações.

"Nossos cientistas estão profundamente preocupados com esta variante", declarou o ministro.

"Pelo que sabemos, há um número significativo de mutações, talvez o dobro das que vimos na variante delta", acrescentou Javid. EFE