Ajuda em Gaza é "uma gota no oceano de necessidades", diz OMS

Volume insuficiente de suprimentos médicos e bloqueios da assistência alimentar agravam sofrimento no enclave sitiado; dois reféns foram resgatados pelas forças israelenses em Rafah, em meio a bombardeios na cidade que agora abriga mais de um milhão de palestinos deslocados. 

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes