Série Panama Papers recebe prêmio Pulitzer; UOL publicou reportagens

Do UOL

Em São Paulo

  • Arte/UOL

A série de reportagens Panama Papers, projeto coordenado pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ, na sigla em inglês), venceu a categoria de "reportagem explicativa" do Prêmio Pulitzer, o prêmio de jornalismo mais relevante dos Estados Unidos.

Ao todo, participaram do processo de apuração 376 jornalistas de 109 veículos em 76 países, entre eles o jornalista Fernando Rodrigues, blogueiro do UOL à época da publicação da série de reportagens. No UOL, foram publicados 60 textos da série "Panama Papers" ao longo de 2016. O material foi analisado durante um ano, numa investigação que vasculhou 11,5 milhões de arquivos do escritório de advocacia panamenho Mossack Fonseca, especializado em abrir empresas offshore.

Os dados foram obtidos pelo jornal alemão "Süddeutsche Zeitung" por meio de uma fonte anônima e compartilhados com o ICIJ.

No Brasil, além da cobertura no blog de Fernando Rodrigues, a RedeTV! e o jornal "O Estado de S. Paulo" também integraram a investigação.

Foram identificadas 214.844 pessoas jurídicas nos arquivos (entre offshores, fundações privadas, etc). Dessas, cerca de 1,7 mil pertencem a pessoas que informaram endereços no Brasil. Na investigação jornalística, foram descobertas 107 offshores relacionadas à Operação Lava Jato.

O repórter do "Washington Post" David Fahrenthold venceu nesta edição do Prêmio Pulitzer a categoria de "reportagem nacional", com relatos sobre as doações de Donald Trump a instituições de caridade. O jornal "The New York Times" ficou com o prêmio de melhor "reportagem internacional" pela cobertura das estratégias do governo de Vladimir Putin para expandir sua influência no mundo.

Veja a lista dos premiados.

Na categoria Fotografia de Furo de Reportagem, o vencedor foi o fotógrafo freelancer Daniel Berehulak por seu ensaio publicado no "The New York Times" documentando a guerra às drogas nas Filipinas.

Desde junho do ano passado, quando Rodrigo Duterte chegou à Presidência do país com um discurso linha-dura contra o narcotráfico, mais de 8.000 pessoas foram mortas pela polícia e por grupos de extermínio.

Concedido anualmente pela Universidade Columbia desde 1917, o Pulitzer premia trabalhos jornalísticos e literários publicados em veículos dos Estados Unidos e é um dos concursos mais prestigiados do mundo. Neste ano, foram submetidos aproximadamente 1.100 trabalhos em 21 categorias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Mais:

UOL Cursos Online

Todos os cursos