Cristiano Ronaldo recebe apoio de companheiros do Real em meio a críticas por falta de gol

MADRI (Reuters) - Os companheiros de equipe de Cristiano Ronaldo defenderam sua importância no Real Madrid, num momento em que o português lida com uma falta de produtividade que gerou um debate sobre sua posição no clube.

O jogador de 31 anos falhou em marcar em quatro partidas seguidas no Santiago Bernabéu, na primeira vez desde que chegou ao clube do Manchester United, em 2009, e foi vaiado durante a vitória por 2 x 1 sobre o Atlético Bilbao, mesmo que o resultado tenha levado o time de Zinedine Zidane de volta ao topo da Liga Espanhola.

As críticas fizeram com que diversos jogadores do Real oferecessem apoio ao Melhor do Mundo da Uefa, que também entrou nesta segunda-feira, ao lado de Gareth Bale, para a lista prévia para a Bola de Ouro 2016.

O atacante espanhol Álvaro Morata, que saiu do banco para marcar o gol da vitória sobre o Bilbao, disse ao site oficial do Real Madid: "Quando você está acostumado a marcar quase 70 gols por temporada, é quase um vício por gols".

"Para nós, ele é o jogador mais importante do time, e espero que ele marque muitos gols, mas ele não é uma máquina... Ele também possui o direito de errar".

Cristiano Ronaldo marcou somente quatro gols em oito partidas em todas as competições pelo Real, mas o lateral brasileiro Marcelo disse que ele contribui de outras formas.

"Cristiano ajuda muito no campo e não só com gols, mas com trabalho", disse à Movistar+.

Bale minimizou a fase de Ronaldo, dizendo ao site do Real: "Cristiano trabalha duro para continuar marcando gols, mas o importante é a equipe e tenho certeza que ele está feliz em estar no topo."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos