França retoma demolição de campo de imigrantes de Calais após incêndios e explosões

CALAIS, França (Reuters) - O campo de imigrantes de Calais, conhecido como "Selva", testemunhou o terceiro dia de uma operação do governo para esvaziá-lo nesta quarta-feira, após uma noite de incêndios em barracas e abrigos e algumas explosões de botijões de gás.

Um funcionário da administração regional de Calais disse à rádio France Info na manhã desta quarta-feira que uma pessoa sofreu um ferimento leve no ouvido devido a uma das detonações e foi levada a um hospital.

"A operação irá continuar hoje para a remoção dos abrigos vazios e para evitar que voltem a ser incendiados", disse o porta-voz da administração à Reuters.

No final da terça-feira, a administradora regional Fabienne Buccio disse que é difícil evitar os incêndios.

"Alguns imigrantes seguem tradições --pedimos a eles que não o fizessem-- mas eles incendeiam suas barracas e abrigos quando partem", disse.

"Ordenamos a eles que não o fizessem, mas alguns... o fazem mesmo assim. Estamos de prontidão, a brigada de incêndio está nas imediações para garantir a proteção e evitar que o incêndio se espalhe. É parte de uma tradição. Ainda que prefiramos que eles evitem fazê-lo, eles o fazem".

Nos últimos anos, imigrantes em fuga das guerras e da pobreza fora da Europa se congregaram em Calais, o principal porto de entrada para o Reino Unido a partir da França, na esperança de começar vidas novas fazendo a curta travessia marítima.

Eles continuaram a convergir ao local apesar das cercas altas construídas ao longo dos últimos meses para impedir sua passagem.

A oposição local à presença de mais de 6 mil pessoas no campo precário e insalubre e as críticas de políticos da direita incitaram o governo a agir. Mais de 4 mil pessoas foram levadas de ônibus para centros de recepção em toda a França desde segunda-feira.

(Por Matthias Blamont e Pierre Savary)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos