Ursa polar de shopping center chinês mostra sinais de declínio mental, dizem ativistas

PEQUIM (Reuters) - Uma ursa polar de três anos que é mantida no viveiro de um shopping center no sudoeste da China, e que está no centro de uma polêmica de direitos dos animais, está mostrando sinais de declínio mental, disseram grupos de defesa animal.

A ursa, chamada Pizza, atraiu a atenção da mídia noticiosa internacional depois que a entidade Animals Asia, sediada em Hong Kong, publicou um vídeo em seu site em julho que mostra visitantes do shopping de Guangzhou tirando fotos da ursa deitada de lado em um habitat decorado em tons de azul. O grupo chamou Pizza de "a ursa trágica que sofre com selfies".

Na terça-feira, a entidade Humane Society International (HSI) divulgou um vídeo de Pizza que disse evidenciar "comportamentos estereotípicos preocupantes, como balançar a cabeça e perambular repetitivamente, sinais de frustração e declínio mental".

A organização e três grupos chineses de direitos dos animais realizaram uma coletiva de imprensa também na terça-feira pedindo o fechamento do viveiro do Grandview Mall.

Yu Hongmei, fundador da Associação de Proteção Animal VShine, sediada em Dalian, disse na coletiva que "um shopping center não é lugar para se exibir animais".

O jornal britânico The Telegraph, a revista TIME e outros veículos de mídia globais também classificaram Pizza como "a ursa polar mais triste do mundo".

(Por Reuters Television)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos