COI diz que programa antidoping da Rio 2016 foi um sucesso apesar de problemas

Por Karolos Grohmann

BERLIM (Reuters) - O programa antidoping dos Jogos Rio 2016 foi um sucesso apesar da falta de profissionais treinados e de recursos, afirmou o Comitê Olímpico Internacional (COI) nesta sexta-feira, após um relatório da Agência Mundial Antidoping (Wada) apontar "falhas sérias" no processo.

O doping era uma das principais preocupações antes do início dos Jogos em agosto, após dezenas de atletas russos serem banidos por revelações de um sistema de doping patrocinado pelo Estado na Rússia.

O COI informou que o programa geral teve sucesso, apesar da falta de profissionais treinados e testes inadequados, destacados no relatório de observadores internacionais da Wada.

"O programa antidoping no Rio de Janeiro teve que superar alguns desafios também, como a falta de recursos e voluntários/profissionais treinados", informou o COI em comunicado.

"Isto foi administrado com sucesso graças à dedicação e expertise de funcionários e voluntários internacionais da Rio 2016", afirmou.

O relatório de 55 páginas da Wada indicou na quinta-feira que diversos atletas foram classificados como "simplesmente não pôde ser encontrado", enquanto houve "nenhum ou poucos testes de amostras de sangue durante a competição em esportes de alto risco" nos Jogos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos