FBI vai revisar mais emails relacionadas a uso de servidor pessoal de Hillary

WASHINGTON (Reuters) - O chefe do FBI disse nesta sexta-feira que a agência vai investigar emails adicionais que surgiram relacionados com o uso de um servidor de email pessoal da candidata democrata Hillary Clinton para determinar se eles contêm informações sigilosas, acrescentando que não está claro o quão significativo o novo material pode ser.

Em uma carta a republicanos presidentes de comissões na Câmara dos Deputados, o diretor do FBI, James Comey, disse que ele "não pode prever quanto tempo vai levar para nós concluirmos este trabalho adicional".

(Reportagem de Susan Heavey)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos