Diplomata dos EUA se reúne com Maduro para apoiar diálogo na Venezuela

Por Brian Ellsworth

CARACAS (Reuters) - Um diplomata dos Estados Unidos se reuniu nesta segunda-feira com o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, como parte de um esforço para apoiar o diálogo entre o governo e a oposição em meio a um impasse político e agravamento da crise econômica.

A chegada de Tom Shannon, subsecretário norte-americano de Estado para Assuntos Políticos e especialista em América Latina, pode ajudar a impulsionar as negociações entre os dois lados, que ao longo dos anos têm repetidamente mantido conversas que geraram poucos resultados concretos.

A televisão estatal venezuelana mostrou brevemente imagens de Shannon cumprimentando Maduro e falando informalmente com outros representantes do Partido Socialista no palácio presidencial Miraflores.

"A visita dele vai ressaltar o nosso apoio ao processo de diálogo permanente e nosso interesse no bem-estar do povo venezuelano", disse o Departamento de Estado em um comunicado mais cedo, acrescentando que ele ficaria no país até 2 de novembro.

Os Estados Unidos têm mais de uma década de desacordo ideológico com o governo socialista da Venezuela.

Maduro e líderes da oposição concordaram em avançar em negociações que foram organizadas com o apoio do Vaticano, depois de uma reunião que começou domingo à noite e foi esticada até a madrugada de segunda-feira.

Adversários acusam o presidente Maduro de criar uma ditadura ao bloquear um referendo revogatório sobre seu governo e de sobrepor ilegalmente o Legislativo, que passou a ser controlado pela oposição após uma eleição no ano passado.

A oposição insiste que o governo permita um referendo revogatório sobre o governo de Maduro, liberte dezenas de ativistas da oposição presos e respeite decisões do Congresso.

Maduro, que luta para controlar a escassez de bens e a alta dos preços, diz ser vítima de conspirações da oposição para derrubá-lo e de uma "guerra econômica" liderada por empresários com apoio de Washington.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos