Vendas no varejo da Alemanha registram em setembro maior queda em 2 anos

BERLIM (Reuters) - As vendas no varejo da Alemanha tiveram a maior queda em dois anos em setembro, afetando as esperanças de que o consumo privado continuará a sustentar o crescimento na maior economia da Europa após a confiança do consumidor se deteriorar ligeiramente.

O indicador, normalmente sujeito a revisões, mostrou que as vendas no varejo caíram inesperadamente 1,4 por cento em setembro sobre o mês anterior em termos reais, informou a Agência Federal de Estatísticas nesta segunda-feira. A expectativa em pesquisa da Reuters era de alta de 0,2 por cento.

O detalhamento dos dados sugere que a queda se deveu principalmente a um setembro atipicamente quente, o que prejudicou as vendas de roupas e calçados de inverno.

Na comparação anual, as vendas varejistas avançaram 0,4 por cento em termos reais, contra projeção de aumento de 1,6 por cento.

(Reportagem de Joseph Nasr)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos