Facebook alerta que crescimento vai desacelerar; ações despencam

(Reuters) - As ações do Facebook caíram mais de 6 por cento nesta quarta-feira depois que a companhia alertou que o crescimento da receita vai desacelerar neste trimestre, ofuscando um balanço positivo que ficou acima das expectativas de Wall Street.

Em uma teleconferência com analistas, o diretor financeiro do Facebook, David Wehner, disse que o crescimento dos ganhos com anúncios provavelmente vai diminuir "significativamente" devido a limites no número de anúncios que o Facebook pode colocar diante de seus clientes.

Ele também disse que 2017 será um ano de investimento agressivo, o que representará uma elevação substancial dos gastos.

As ações do Facebook caíram 6,9 por cento, a 118,45 dólares.

Apesar de o alerta sobre o quarto trimestre ter assustado alguns investidores, a empresa bateu as expectativas dos analistas em seu resultado do último trimestre.

A empresa registrou um aumento de 55,8 por cento na receita trimestral, com uma disparada em suas vendas de publicidade móvel.

A receita com propaganda móvel foi responsável por 84 por cento do total de 6,82 bilhões de dólares que o Facebook arrecadou com anúncios no terceiro trimestre, terminado em 30 de setembro, acima da fatia de 78 por cento um ano atrás.

Analistas esperavam um total de rendimentos com anúncios de 6,71 bilhões de dólares, de acordo com a empresa de pesquisas FactSet StreetAccount.

Mais de 90 por cento dos usuários do Facebook entram na rede social via dispositivos móveis.

A receita total subiu de 4,5 bilhões de dólares para 7,01 bilhões, em comparação com estimativa média de 6,92 bilhões de dólares, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A expectativa é que o Facebook gere cerca de 22 bilhões de dólares em propaganda móvel em 2016, segundo a eMarketer, um aumento de cerca de 67 por cento em relação a 2015. A receita total com anúncios deve aumentar para cerca de 26 bilhões de dólares, um crescimento de cerca de 52 por cento. 

(Reportagem de Rishika Sadam em Bangalore)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos