Alemanha monitorava suspeito do caminhão por plano de compra de armas, diz fonte

BERLIM (Reuters) - As autoridades alemãs observaram o tunisiano Anis Amri, suspeito do ataque com caminhão na capital alemã, por um período este ano para tentar determinar se ele planejou um assalto para financiar a compra de armas automáticas para um possível ataque, disse à Reuters uma fonte judicial em Berlim.

A fonte, confirmando uma reportagem online do jornal Bild, disse que as autoridades interromperam as atividades de monitoramento depois que não conseguiram provar as suspeitas.

O Bild informou que Amri foi monitorado entre março e setembro. A fonte se recusou a especificar o período de observação.

(Reportagem de Joseph Nasr)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos