Governo da China diz que gripe aviária não se espalhou; não vê impacto no mercado

PEQUIM (Reuters) - O Ministério da Agricultura da China disse nesta sexta-feira que os recentes surtos de gripe aviária foram controlados de maneira "pontual e efetiva", sem propagação, e que os casos não afetaram os produtos ou preços da carne de frango.

Em um comunicado enviado por email à Reuters, o departamento de governo disse que a situação no segundo maior consumidor de carne de frango do mundo era estável.

Os comentários ocorrem no momento em que a Coreia do Sul e países vizinhos enfrentam surtos de diversas variedades da gripe altamente virulenta.

A China abateu mais de 170 mil aves em quatro províncias desde outubro e fechou alguns mercados de aves vivas após pessoas terem sido infectados pela gripe aviária.

O último grande surto de gripe aviária na parte continental da China --do fim de 2013 ao início de 2014-- matou 36 pessoas e levou a perdas de mais de 6 bilhões de dólares no setor agrícola.

(Por Muyu Xu e Josephine Mason)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos