Putin diz que Rússia não expulsará ninguém em resposta a sanções dos EUA

MOSCOU (Reuters) - A Rússia não expulsará ninguém em resposta às sanções impostas pelos Estados Unidos contra o governo russo e à expulsão de 35 diplomatas russos dos EUA, disse o presidente russo, Vladimir Putin, nesta sexta-feira, segundo comunicado divulgado pelo Kremlin.

"Não iremos expulsar ninguém", disse Putin em comunicado.

Mais cedo nesta sexta, o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse que havia proposto a Putin que a Rússia expulsasse 35 diplomatas norte-americanos e proibisse funcionários dos serviços diplomáticos dos EUA de usarem duas instalações em Moscou em retaliação pelas expulsões e sanções impostas por Washington.

Lavrov disse ainda que as alegações norte-americanas de que a Rússia interferiu na eleição presidencial dos EUA de 2016, que levaram à imposição das sanções, não têm fundamento.

(Reportagem de Polina Devi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos