Crescimento das exportações do Japão desacelera em Janeiro

Por Stanley White

TÓQUIO (Reuters) - As exportações do Japão subiram em Janeiro a um ritmo mais fraco do que no mês anterior devido à queda nos envios para os Estados Unidos e ao feriado do Ano Novo Lunar, num momento em que as preocupações sobre o protecionismo comercial levantam dúvidas sobre as perspectivas.

As exportações em Janeiro subiram 1,3 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior, contra a expectativa de uma subida de 4,7 por cento e face a um crescimento de 5,4 por cento em Dezembro.

É o segundo mês seguido de crescimento das exportações, após 14 meses de contracção.

Por sua vez, as importações tiveram a primeira subida desde Dezembro de 2014 uma vez que os preços do petróleo avançaram após o acordo no ano passado da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) para cortar a produção.

O crescimento económico mais forte nos Estados Unidos sugere que a queda nas exportações do Japão para os EUA pode ser temporária, mas as repetidas promessas do presidente norte-americano, Donald Trump, de rever a propensão para o livre comércio levantaram preocupações de que o protecionismo se disseminará.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos