Forças iraquianas se preparam para atacar aeroporto em avanço para oeste de Mosul

SUL DE MOSUL/BAGDÁ (Reuters) - Forças iraquianas, que têm o apoio dos Estados Unidos e avançam em direção a oeste de Mosul, região controlada pelo Estado Islâmico, se preparavam nesta terça-feira para invadir o aeroporto e uma instalação militar ao sul e, assim, criar uma base para uma ofensiva na cidade.

Após terem expulsado o grupo militante do leste de Mosul no mês passado, forças iraquianas fizeram avanços em regiões remotas e pouco povoadas, mas os combates vão se intensificar à medida que elas se aproximam do centro urbano do oeste de Mosul, e os riscos para os cerca de 750 mil civis no local vão aumentar.

O comandante militar norte-americano no Iraque disse acreditar que as forças apoiadas pelos EUA vão retomar os dois bastiões urbanos do Estado Islâmico, Mosul e Raqqa, na vizinha Síria, nos próximos seis meses, o que terminaria com as ambições dos jihadistas de controle territorial três anos depois de eles terem declarado um “califado”.

A polícia federal e unidades de elite do Ministério do Interior realizaram progressos rápidos em direção ao oeste de Mosul, num avanço vindo do sul por região de deserto, desde que a segunda fase da ofensiva foi lançada no domingo.

Depois de abrirem caminho com helicópteros de combate, metralhadoras e lançadores de granadas até Albu Saif na segunda-feira, as forças iraquianas estão construindo posições na vila, que fica no topo de uma colina e tem vista para o aeroporto e para o oeste de Mosul mais além, disse um correspondente da Reuters no local.

O corpo de um militante do Estado Islâmico sem uma perna se encontrava numa rua da vila de Albu Saif.

(Por Isabel Coles e Maher Chmaytelli)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos