Lojas Americanas mira crescimento orgânico para expansão, mas não descarta aquisições, diz CFO

SÃO PAULO (Reuters) - A Lojas Americanas seguirá focada no crescimento orgânico, conforme busca atingir a meta de abrir 800 novas lojas no período de 2015 a 2019, mas não descarta eventuais fusões ou aquisições segundo o diretor financeiro e de relações com investidores da companhia, Murilo Corrêa.

"Se uma futura aquisição acontecer e fizer todo sentido em termos de sobreposição e de valor, sem dúvida, vamos avaliar, e quem sabe...", disse o executivo em teleconferência com analistas sobre o resultado do quarto trimestre. Segundo ele, uma eventual aquisição ou fusão precisa se encaixar no conceito de valor que a rede de varejo atribui à expansão orgânica.

(Por Paula Arend Laier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos