Soja recua para mínima de 3 semanas em Chicago; milho sobe e trigo cai

CHICAGO (Reuters) - Os contratos futuros da soja na Bolsa de Chicago caíram para uma mínima de três semanas nesta terça-feira, pressionados por expectativas de uma grande safra na América do Sul, disseram operadores.

A soja para março fechou em queda de 6,25 centavos, ou 0,6 por cento, a 10,2625 dólares por bushel, perto da mínima do dia.

Pesadas chuvas atingiram a Argentina no final de semana, e analistas locais disseram que a umidade provavelmente foi benéfica para as lavouras.

Os futuros do milho fecharam ligeiramente mais altos por compras técnicas e nova demanda de exportação por produto dos Estados Unidos, disseram operadores.

O contrato do milho para março encerrou em alta de 1 centavo, ou 0,3 por cento, a 3,6925 dólares por bushel.

Os contrato futuros do trigo fecharam mais baixos pela terceira sessão consecutiva, pressionados por vendas técnicas e pelo dólar mais forte, que tende a tornar os grãos dos EUA menos atrativos no mercado internacional.

O trigo para março fechou em queda de 5 centavos a 4,36 dólares por bushel.

(Por Julie Ingwersen)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos