Siemens deve obter aprovação da UE para acordo de US$ 4,5 bi com Mentor, dizem fontes

BRUXELAS/FRANKFURT (Reuters) - O grupo alemão de engenharia Siemens deve obter aprovação da União Européia para a sua oferta de 4,5 bilhões de dólares feita à empresa de software norte-americana Mentor Graphics, seu maior acordo nesta área em uma década, disseram duas fontes próximas à negociação nesta quinta-feira.

A Siemens anunciou o acordo em novembro do ano passado, com o objetivo de aumentar sua presença em um setor com crescimento mais rápido e maiores margens do que outras áreas.

O movimento da empresa alemã surge em resposta à crescente demanda dos clientes por software mais complexo para produtos inteligentes e conectados, como aviões, trens e carros. A Siemens tem como alvo um aumento em sua receita de software em cerca de um terço do negócio.

O software da Mentor Graphics ajuda as empresas de semicondutores a projetar e testar seus chips antes de fabricá-los.

A Comissão Europeia, que deve decidir sobre o acordo até 27 de fevereiro, não quis comentar. A Siemens também se recusou a comentar.

A Mentor Graphics concorre com a Synopsys e a Cadence.

(Por Por Foo Yun Chee e Arno Schuetze, com reportagem adicional de Jens Hack em Munique)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos