Meu sonho morreu, diz Ranieri após ser demitido do Leicester

LONDRES (Reuters) - Claudio Ranieri disse que seu "sonho morreu" quando foi demitido do Leicester City nove meses depois de levá-los ao título do Campeonato Inglês contra todas as probabilidades.

O italiano foi demitido na quinta-feira, com o Leicester um ponto e um lugar acima da zona de rebaixamento.

"Ontem meu sonho morreu", disse Ranieri em um comunicado na sexta-feira. "Depois da euforia da temporada passada e de ser coroado campeão da Premier League tudo que eu sonhava era ficar com o Leicester, o clube que eu amo para sempre. Infelizmente isso não era para ser".

A demissão de Ranieri foi recebida com surpresa generalizada.

"A aventura foi incrível e vai viver comigo para sempre", disse o treinador de 65 anos.

"Ninguém pode tirar o que conseguimos juntos e espero que vocês pensem nisso e sorriam todos os dias assim como eu farei", disse Ranieri.

"Foi um momento de maravilhosidade e felicidade que nunca esquecerei. Foi um prazer e uma honra ser campeão com todos vocês", completou.

(Reportagem de Ed Osmond)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos