PUBLICIDADE
Topo

Milhares são removidos por causa de vulcão em local turístico de Bali

Pessoas descansam em uma abrigo após serem removidos de suas casas por conta de abalos sísmicos ocasionados por um vulcão, em Bali, na Indonésia - Sonny Tumbelaka/AFP
Pessoas descansam em uma abrigo após serem removidos de suas casas por conta de abalos sísmicos ocasionados por um vulcão, em Bali, na Indonésia Imagem: Sonny Tumbelaka/AFP

22/09/2017 11h13

Milhares de residentes foram retirados de cidades próximas a um vulcão ativo na ilha indonésia de Bali, disseram autoridades nesta sexta-feira (22), quando tremores sísmicos abalaram algumas áreas e fumaça apareceu em um dos locais turísticos mais populares do mundo.

O status de alerta para o Monte Agung, no leste de Bali, foi de número 3, um nível abaixo do mais alto, e as autoridades alertaram turistas e residentes para que evitem acampar ou escalar em um raio de 6 quilômetros da cratera.

Vulcão no monte Agung, em Bali, foi colocado em nível de alerta 3 após tremores sísmicos serem registrados na ilha indonésia - Reuters - Reuters
Vulcão no monte Agung, em Bali, foi colocado em nível de alerta 3 após tremores sísmicos serem registrados na ilha indonésia
Imagem: Reuters
"A atividade vulcânica continua alta e há indicações de magma subindo à superfície e causando tremores", disse Sutopo Purwo Nugroho, da Agência Nacional de Gerenciamento de Desastres.

"Deve haver zero atividade pública dentro do raio especificado para o caso de haver uma erupção", disse Nugroho.

No entanto, voos no aeroporto internacional de Bali estavam operando normalmente e havia pouca interferência para operadores de turismo no resto da ilha, disseram autoridades.

Quase 6 mil pessoas foram retiradas até agora e o número deve aumentar, segundo autoridades.

Alguns residentes nos vilarejos aos pés do Monte Agung disseram estar relutantes em sair imediatamente. Outros se juntaram para assistir ao vulcão.

"Estou aqui com o meu marido. Precisamos alimentar os animais, então é isso que estamos fazendo primeiro", disse Wayan Suarda ao canal de televisão nacional tvOne.

Outros fizeram as malas com seus pertences em caminhões para deixarem as casas, enquanto outros ainda paravam para observar enquanto as nuvens de fumaça branca subiam da cratera, que fica a cerca de 3 mil metros acima do nível do mar.

A Indonésia tem cerca de 130 vulcões ativos, mais que qualquer outro país.

Uma série de erupções do Monte Agung entre 1963 e 1964 mataram mais de mil pessoas e feriram centenas.