Senado rejeita limite de 12% para ICMS sobre combustível de aviação

BRASÍLIA (Reuters) - O Senado rejeitou nesta quarta-feira projeto da Casa que buscava limitar em 12 por cento a tributação de ICMS sobre o combustível usado pelas companhias aéreas do país em seus aviões.

A votação teve quórum de 61 senadores e precisava de 54 votos favoráveis para ser aprovada, mas apenas 43 senadores apoiaram o texto, enquanto 17 votaram contra.

Questionado pela Reuters, o senador Jorde Viana (PT-AC) afirmou que deverá reapresentar projeto em 2018.

(Por Leonardo Goy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos